quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Inglaterra : Londres : Notting Hill & Portobello Market

Se você tem tempo sobrando em Londres, uma boa opção de passeio é ir até o bairro chamado Notting Hill. O bairro ganhou popularidade mundial após o sucesso dos cinemas com o filme que leva seu nome, Notting Hill,  estrelado pela Julia Roberts e pelo Hugh Grant. O filme foi rodado quase que em sua totalidade por lá, então é comum encontrar fãs tirando fotos nos locais de filmagens, como a tal porta azul do flat do Will, personagem do Hugh Grant, que já foi pintada de preto, ou até mesmo sua livraria, que hoje é uma loja de sapatos. Se você é uma menina apaixonada e que chorou horrores comendo uma panela de brigadeiro assistindo ao filme, a visita é imperdível. Se você é o namorado dessa menina, boa sorte!

190961.1020.A9182339

O bairro em si não tem nada demais (as meninas vão me matar!). É bonitinho, agradável, charmoso. E só. Muitos outros bairros de Londres são bem parecidos. Mas tudo bem, por ser um bairro famoso, vale a visita.

DSC_0123DSC_0137

É na sua rua principal, a Portobello Road, que funciona o Portobello Market. Lá a rua está dividida em três seções: a primeira, é a sessão de artigos de antiguidade e colecionadores. Eu me amarrei em várias peças, que iam desde antigas placas publicitárias de cervejas e refrigerantes a miniaturas de carros antigos e tudo o mais! Deixei para comprar alguma coisa na volta!

A segunda seção da rua é onde estão os restaurantes. Preferi passar direto e ir para a terceira e última parte, a das lojas de roupas, tanto novas quanto de segunda mão. Não espere ir lá para comprar roupas muito comuns, normalmente você encontrará roupas mais descoladas e estilosas, muitas vezes feitas quase que de maneira exclusiva, o que é excelente! E o preço é bem convidativo! Mas se você prefere lojas mais conhecidas, também encontrará boas opções. Uma delas é a All Saints, que consegue ser transada e clássica ao mesmo tempo. Um exemplo disso é que ela usa em sua decoração um monte de máquinas de costura e já disponibiliza todo o catálogo da loja em iPads que ficam junto das roupas.

DSC_0135DSC_0136

De todas as lojas que eu passei, uma me chamou a atenção pelo seu colorido. Entrei e fui impregnado por um cheiro maravilhoso. E pra completar, a simpatia quase que milagrosa da vendedora me conquistou. A loja, que se chama Lush, era de produtos artesanais de higiene e beleza e possui toda uma preocupação com a natureza. A vendedora me demonstrou vários produtos, testou sabonetes na minha pele e me deu de presente um potinho de creme. E olha que eu ainda não tinha comprado nada. Acabei comprando algo, não só em forma de agradecimento, mas também porque valia a pena! A moça ainda comentou que um dia já houve uma filial dessa loja no Rio, mas que havia fechado por não ter ido bem. Não consegui confirmar essa informação, mas se for verdade, é uma pena.

DSC_0125DSC_0126

Como eu disse, deixei para comprar alguma peça dos antiquários na volta da caminhada. E para minha surpresa e tristeza, as lojas já estavam fechadas. Pois é, se você pensa que está em Londres, uma das maiores cidades do mundo, e que ela não fecha, você está enganado! Tanto as lojas, quanto os museus e atrações de Londres, sejam em Notting Hill, sejam em qualquer outro bairro, começam a fechar as 5 da tarde e as 6 já estão quase todas de portas arriadas. Salvo algumas raras exceções (uma delas é a Oxford Street, grande centro de compras, mas que ficará para um outro post).

Sai de lá com vontade de voltar. Confesso que não por causa do glamour do filme, mas sim por causa da plaquinha de ferro que anunciava a Coca Cola nos anos 30, que deixei ficar no Antiquário. Mas quem sabe um dia eu volte lá e compre.

DSC_0129DSC_0133

Ah, vale lembrar que o bairro sempre foi e continua sendo um bairro das minorias: negros, indianos e afins. No filme essa realidade foi mascarada e os figurantes eram todos branquinhos e bonitinhos.

E agora faço uma súplica: POR FAVOR, eu sei que ninguém é obrigado a falar Inglês, mas o filme e o bairro se chamam NOTTING HILL, com dois T´s, e não NOTHING HILL. Combinado? Obrigado!

[Continua]

Um comentário:

  1. Gostei. Sempre quis ir a Inglaterra,mas ainda não tive oportunidade ,graças a ti agora tenho mais conhecimento.

    ResponderExcluir

Digo a Bordo!

"Ao retornar de uma viagem, não sei se o mundo diminuiu ou eu é que cresci."

Quer sugerir um destino? Tirar Dúvidas? Ou somente elogiar mesmo?
Escreva para rodrigofranco@digoabordo.com
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...