sábado, 9 de outubro de 2010

Marrocos : Uma expedição por terras muçulmanas!

O mês era Maio, de 2007. Nessa época eu estava fazendo intercâmbio de estudante na Espanha. Uns amigos brasileiros convidaram a nossa guesthouse para irmos para o Marrocos, com direito a expedição no Deserto do Saara!

Marrocos? Mas isso é na África!

Pois é, o Marrocos fica no norte da África e faz “fronteira” com a Espanha através do Estreito de Gibraltar. É um destino comum para os europeus, principalmente para os espanhóis. Fazendo as simulações de viagem, descobrimos que, além de ser uma viagem super exótica, iríamos gastar bem pouco. Decidimos ir.

Só tínhamos um problema: nosso visto de estudante nos dava direito a somente UMA entrada em território espanhol. Viajar pela Zona do Euro não era problema, mas ir para a África? Na hora de voltar estaríamos entrando pela SEGUNDA vez na Espanha. E aí?

Decidimos ir até a extranjería de nossa cidade nos assegurar que nada daria errado.

“Señor, nos gustaría un permiso de regreso a España. Nos vamos a Marruecos por una semana!”

Em um primeiro momento o funcionário público (iguais aos do Brasil) disse que era só preenchermos um formulário de Permissão de Regresso e esperar o ok.

Preenchemos todo o formulário com os dados principais e chegamos numa encruzilhada:

Assinale com um X o Motivo da viagem:

[ ] Doença ou óbito em Família

[ ] Negócios

[ ] Estudos

 

Ei, mas cadê a lacuna Turismo?

Daí fomos novamente consultar o tal funcionário. E ele disse:

Ah, então vocês vão a turismo? Ihhhh, ai complica. Deixa em branco que eu já sei qual é o caso de vocês. Em 2 dias sai o resultado.

Bom, estávamos confiantes, mas mesmo assim ainda estávamos meio receosos. As passagens já estavam compradas, caso não fôssemos mais iríamos perder uns 55 euros. Mas o problema não era perder o dinheiro, o problema era perder essa viagem fantástica.

Antes do segundo dia, recebemos uma ligação contundente:

La extranjería de La Coruña les informa que el permiso de regreso fuera negado. Les aconsejamos que no les van a Marruecos, con posibilidad de deportación.

Caralho, aquilo caiu como um balde de água fria. Estávamos super animados já!

Eu não iria arriscar ser deportado. Meus pais me matariam!

Foda-se. Decidimos ir.

É muito bom ter 22 anos e ainda ser um pouco inconsequente.

---

Saímos de La Coruña a noite, rumo a Madri. Éramos um grupo de uns 12 brasileiros, 1 alemão, 1 húngaro e 1 checa.

Chegamos em Madri bem cedo e fomos direto para o aerporto. Lá fizemos check in na nossa amada easyjet e embarcamos rumo às Maravilhas de Marrocos.

S5034595S5034596 

Só tínhamos uma certeza: chegar lá nós chegaríamos. Agora voltar de lá para a Espanha era uma incógnita. Decidimos não pensar nisso durante toda a viagem.

 

[Continua]

2 comentários:

  1. Show!! Pena que não pude ir na época!

    ResponderExcluir
  2. Como diria o Mr. Catra:
    " se tudo der certo, hoje vai dá merda!!"

    ResponderExcluir

Digo a Bordo!

"Ao retornar de uma viagem, não sei se o mundo diminuiu ou eu é que cresci."

Quer sugerir um destino? Tirar Dúvidas? Ou somente elogiar mesmo?
Escreva para rodrigofranco@digoabordo.com
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...