sábado, 5 de junho de 2010

Angola : Luanda : E quem disse que a gente fala a mesma língua?

Cara, quando vim para Angola muita gente comentava:

-Pow, legal a experiência... fora que você vai aprender outro idioma né!

Ham!?!?!?!?

Porra, a gente não é obrigado a saber qual idioma se fala no Azerbaijão, mas o mínimo que deveríamos saber são os países onde se fala o Português né. Mas deixa isso pra lá porque o objetivo deste blog não é avaliar a ignorância alheia.

Então, vocês já sabem que o português falado aqui tem muito mais a ver com o português de Portugal. E é aí que mora o perigo: existem diferenças, tanto de significados até mesmo de formas de se expressar, que podem te colocar em situações constrangedoras ou no mínimo engraçadas.

Sábado passado fui comprar uma cama nova pro meu quarto. A minha antiga cama tinha um colchão com molas que me espetavam a noite inteira. Você sabia que uma pessoa quando dorme num colchão ruim é capaz de mudar de posição até 80 vezes numa noite? Isso significa que em menos de 5 dias eu já teria feito todas as posições do kama sutra! Já se o colchão for confortável esse número cai para 12. Sem falar que uma noite mal dormida pode até gerar um esclerose múltipla.

-Putz, que exagerado esse Rodrigo!

Enfim, to eu lá na loja "experimentando" o colchão. Dai eu pergunto pro vendedor:

-Zeca, essa cama box não faz muito barulho não?

-Nada, faz barulho não.

-Vê lá hein Zeca, eu não moro sozinho. Vai que eu levo uma menina pra dormir comigo... não moro sozinho hein....

-Rodrigo, Vamos testar então???


Para tudo!!!! O vendedor angolano tava me cantando ou o que???

Só sei que do nada ele deu um pulo na cama e ficou lá, pulando em cima dela que nem um macaco (sem preconceito, galera!). E falou bem alto, felizão, pra toda a loja ouvir:

-Viu, não faz barulho não!!!

Ufa! O "vamos testar" dele não foi no sentido que eu imaginei que fosse....menos mal! Confesso que tô na seca aqui em Angola, mas sei muito bem do que gosto! E do que NÃO gosto...

Ai ontem eu e HC pedimos pastel para entregar em casa (Delivery em Angola? Isso é novo!!!!).
Depois de uns 20 minutos o entregador toca a campainha.

-Boa noite, Rodrigo, está cá seu pedido.

-Valeu, cara.

-E a gasosa?

Porra mané, lá vem a tal da GASOSA.... ah não! (Pra quem não sabe o que é GASOSA, clique aqui.)

-Pow, moço, o dinheiro tá certinho, não tenho mais....

Percebi que ele ficou meio assim, sem enteder... mas isso aqui é normal e fechei a porta.

Entrei no apê já comentando....

-Porra, tu acredita que o cara me pediu dinheiro só pq me trouxe um pastel? Caralho mané...

Antes deu terminar minhas reclamações (adoro reclamar!), toca a campainha de novo!

-Sr. Rodrigo, a gasosa a qual eu eu me referi é a sua Coca-Cola. Não vai querer ela?

UAHUAHUAHUAHAUHA!!!!! Gasosa aqui, além da tal "caixinha", é também REFRIGERANTE.

Vacilo, reclamei do senhorzinho a toa.

O meu irmaozão HC já passou por umas desse tipo também. Vê lá no BLOG DELE.

Por essas e outras que as vezes digo que não falamos a mesma língua coisa nenhuma...

Só alguns exemplos:

BICA: cafezinho
BICHA: fila (mais uma do HC)
TOSTA: torrada
PENSO HIGIENICO: absorvente feminino (até faz algum sentido! rsrs)
GRELOS: folhas do nabo
PREGO: bife no pão
CUECA: Calcinha feminina

E a melhor?
No caso gravíssimo de você ter de tomar uma injeção na nádega, terá que tomar PICA na bunda.
Uahuahuhauha!


 Depois dessa eu fui!


Ah! E a língua oficial do Azerbaijão é o Azeri. Pode assumir que ficou curioso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Digo a Bordo!

"Ao retornar de uma viagem, não sei se o mundo diminuiu ou eu é que cresci."

Quer sugerir um destino? Tirar Dúvidas? Ou somente elogiar mesmo?
Escreva para rodrigofranco@digoabordo.com
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...