domingo, 31 de maio de 2009

Argentina : Buenos Aires : Preparativos


Primeira Parada deste blog: Buenos Aires.

Primeira Dica: Se você conhece a Europa, não crie muita expectativa.

Buenos Aires é uma cidade encantadora, mas, na minha opinião, não é a Paris da América Latina, como muitos costumam dizer por aí. E já de antemão afirmo: não é recalque e nem a tão famosa rivalidade entre brasileiros e argentinos. Os melhores amigos que fiz quando morei na Espanha eram argentinos! De Buenos Aires!

Mas ESPERA! Como falei, Buenos Aires tem seus encantos! Vale a pena SIM conhecer!

Sempre quis passar um Ano Novo fora, curtir a festa de Reveillón em outros ares! E Buenos Aires foi minha escolha. Obviamente eu sabia que em nenhum lugar do mundo eu ia encontrar um Ano Novo tão animado quanto os do Brasil, mas os hermanos afinal tem sangue latino nas veias e “não poderia ser tão ruim”, pensei. E não foi.

Mas antes dos fogos estourarem e cantarmos “Adeus ano velho, feliz Ano Novo...”, vamos a algumas dicas básicas e preparativos! Toda viagem tem seu planejamento! E normalmente nas minhas quem faz sou eu, meus companheiros de viagem só embarcam!

Se você leu até aqui, pode agora escolher os tópicos que achar necessário e desprezar os outros!

PASSAGENS E HOSPEDAGEM: Sempre sou da filosofia de que se pesquisarmos bastante achamos as melhores passagens e as melhores hospedagens, economizando uma boa grana. Mas em Buenos Aires isso foi diferente. Após algumas boas pesquisas, entre pacotes em operadoras de Turismo e self-trip, conclui que comprar um pacote em uma Agëncia de Viagem seria a melhor opção. Os preços estavam bem atrativos e ainda poderia parcelar! Fechei um pacote com a agência Essential Travel (www.essentialtravel.com.br), da minha amiga Luisa, da época de colégio. Foi ótimo, não precisei me preocupar com nada! Era disso que eu estava precisando, pois estava todo enrolado com estudos e trabalho, não ia ter muito tempo! Mas normalmente eu sempre prefiro correr atrás mesmo, nem tanto pela economia de grana, mas pelo prazer e tal. Falando em grana...

GRANA: Antes de viajar perdi mais de 2 meses pesquisando sobre a melhor forma de levar dinheiro. Dólar, Peso, Real, Cartão de crédito, cartão de débito, VTM.... Qual a conclusão que eu cheguei? Nenhuma... ou melhor, cheguei a conclusão que se você não é nenhum economista sênior ou um investidor agressivo, não vai chegar a conclusão nenhuma! Cada pessoa q eu perguntava me dizia uma coisa e a cada novo site que eu pesquisava meus miolos fundiam! “Se eu usar dinheiro vivo posso ser assaltado ou perder a grana, se eu pagar no cartão de crédito vou pagar IOF e posso me dar mal se a cotação do peso subir quando chegar a fatura, se eu levar VTM posso pagar muitas taxas...” Enfim, no final das contas eu decidi levar Real e trocar por Pesos lá mesmo. Daí surgiu um segundo problema: em qual casa de câmbio vou ter a melhor cotação? Pesquisando, descobri um ótimo site para acompanhar as cotações (www.dolarhoy.com). Mas cara, chega. Decidi trocar no Aeroporto mesmo, na casa de Câmbio do Banco de La Nación, que dizem ter boas cotações. Se eu perdi dinheiro com isso eu não sei, mas com certeza poupei alguns neurônios. Dinheiro volta, neurônios não.

DOCUMENTAÇÃO: Simples. Nós brasileiros não precisamos de Passaporte. Identidade ou documento oficial com foto serve. Mas eu como um bom viajante levei o meu e ainda pedi um carimbinho nele! Só um detalhe: se você vai viajar com menores de idade desacompanhados de seus pais ou responsáveis legais, precisa levar uma Autorização de Viagem de Menor Desacompanhado, reconhecida em Cartório! E não se esqueça de guardar o Formulário de entrada no país que você recebe na Imigração.

ROTEIRO: Buenos Aires é uma cidade totalmente planejada para o Turismo. Confesso que fiquei com inveja. No site de Turismo da cidade (www.bue.gov.ar) você encontra quase tudo que precisa. E o que mais me impressinou: AUDIOGUIA. São percursos para serem feitos a pé pela Cidade. O mais legal é que você pode baixar pelo site os mapas e áudios explicativos em MP3. É só colocar no ipod e ir ouvindo a história e as explicações que cada ponto de interesse. Se você esquecer seu ipod você ainda pode mandar um SMS e receber na hora o áudio pelo celular! Não é ótimo? Bom, eu pelo menos achei! Rs... E usei bastante esse site para montar meu roteiro! Quem não quiser ou não tiver paciência pode me pedir que eu mando o meu!

Ah, já ia me esquecendo:

Regra deste blog: Roteiros foram feitos para serem seguidos. Toda regra tem sua exceção.

No próximo post vou escrever sobre a cidade em si, prometo. Hoje foi mais um blábláblá introdutório.

Até mais.

Digo a Bordo!

6 comentários:

  1. Pablo diz:

    Rodrigo parabéns pela inciativa, conseguiu descrever de uma forma clara e objetiva, algumas dicas pra programar uma viagem internacional! Espero quando for descrever os roteiros, ver fotos e algumas recomendações dos lugares.

    Grande abraço

    ResponderExcluir
  2. Ficou maneiro o blog mané! Posta bastante coisa aí pq vou virar mochileiros e precisarei do máximo de informações possíveis... hehehe

    ResponderExcluir
  3. Mto bom!!!
    Dicas e roteiro bem legais.
    To indo pra Foz no feriadão e vou blogar tudo tb.
    Abraços
    Mauricio Oliveira
    www.trilhaseaventuras.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá ! Pode me mandar seu roteiro ??? diogolmenezes@gmail.com

    ResponderExcluir
  5. Parabens pelo Blog Rodrigo!

    Vc poderia me enviar seu roteiro de Buenos Aires? Iria me ajudar muito!

    robertanrsilva@hotmail.com

    muito obrigada!

    ResponderExcluir
  6. Ola Rodrigo! Parabens pelo Blog!!

    Vc poderia me enviar seu roteiro de Buenos Aires? Iria me ajudar muito!

    robertanrsilva@hotmail.com

    Muito obrigada!

    ResponderExcluir

Digo a Bordo!

"Ao retornar de uma viagem, não sei se o mundo diminuiu ou eu é que cresci."

Quer sugerir um destino? Tirar Dúvidas? Ou somente elogiar mesmo?
Escreva para rodrigofranco@digoabordo.com
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...